COVID E INFLUENZA: SAIBA AS DIFERENÇAS

COVID E INFLUENZA: SAIBA quais AS DIFERENÇAS

Basta começar os primeiros sintomas respiratórios que surge a dúvida: estou com Covid ou Influenza (gripe)? Afinal, ambas as manifestações são semelhantes. Então, quais as diferenças?

Algumas diferenças importantes podem direcionar no entendimento de qual dessas doenças está se manifestando no corpo. A influenza, por exemplo,  tem uma característica sazonal, enquanto a Covid-19, não. Ainda, a Influenza, raramente leva à falta de ar, a redução ou a perda do paladar; já na Covid, esses sintomas são comuns.

Entretanto como não não há uma possível diferenciação muito grande entre Covid e Influenza, já que, os sintomas das duas doenças são muito amplos, além da forma de transmissão similar, a confirmação mais precisa entre uma ou outra se dá por meio de exames complementares que detectam antígenos do vírus, assim como métodos de identificação de material genético do vírus pelo teste PCR, que identifica os antígenos da secreção nasal e da orofaringe através do swab.

Quais os principais sintomas?

  • Covid-19: Febre, tosse, fadiga, perda de paladar e olfato, dor de cabeça, dificuldade para respirar.
  • Influenza: Febre, tosse, dor de garganta, dor muscular, dor de cabeça, fadiga.

Transmissão:

  • Covid-19: Transmite-se por gotículas respiratórias expelidas ao tossir, espirrar ou falar.
  • Influenza: Transmite-se por gotículas respiratórias expelidas ao tossir, espirrar ou falar e também pelo contato com superfícies contaminadas.

Prevenção:

  • A vacinação contra Covid-19 e Influenza é a principal forma de prevenção;
  • Use máscara em ambientes fechados e com aglomeração de pessoas;
  • Lave as mãos com frequência com água e sabão ou use álcool em gel;
  • Mantenha uma distância segura de pessoas com sintomas respiratórios.

Estou doente, e agora?

Ao testar positivo para Influenza ou Covid, as recomendações para tratamento são diferentes e dependerá da gravidade dos sintomas. Desse modo, no caso de quem está com Influenza, em geral, recomenda-se repouso, hidratação, medicamentos para aliviar os sintomas e, em casos mais graves, antivirais, e ainda, ficar em casa em isolamento por sete dias, a partir do início dos sintomas.

Já para quem testou positivo para a Covid-19, o tratamento pode incluir repouso, hidratação, medicamentos para aliviar os sintomas e, em casos mais graves, oxigênio e ventilação mecânica. Além disso, a orientação é permanecer em casa por dez dias, a partir do início dos sintomas. Em casos assintomáticos, esse período é contado a partir da data do primeiro teste positivo. Em síndrome respiratória aguda grave, o isolamento deve ser feito por 20 dias ou, no mínimo, dez dias.

Vale destacar, ainda, que também pode acontecer a coinfecção, que nada mais é, quando o paciente apresenta Covid-19 e Influenza (gripe) ao mesmo tempo. Esse termo é conhecido popularmente como “Flurona”. Esse tipo de ocorrência agrava o quadro geral da pessoa infectada, dificultando a recuperação.

Sobre o Teste de Covid-19:

Um teste de COVID-19 é um procedimento usado para determinar se uma pessoa está infectada com o vírus SARS-CoV-2, que causa a doença COVID-19. A infecção pelo SARS-CoV-2 pode variar de casos assintomáticos e manifestações clínicas leves, moderadas, graves e até críticas, sendo necessária atenção especial aos sinais e sintomas que indicam piora do quadro clínico que exijam a hospitalização do paciente. 

O diagnóstico laboratorial se destaca como uma ferramenta essencial para confirmar os casos e, principalmente, para orientar estratégias de atenção à saúde, isolamento e biossegurança para profissionais de saúde. Sendo assim, a sua realização é essencial para um tratamento individualizado e eficaz. 

Teste PCR:

  • Este é o tipo de teste mais preciso e é usado para detectar a presença do vírus SARS-CoV-2 em uma amostra de saliva ou swab nasal. O resultado do teste geralmente fica pronto em 24 a 48 horas. Não é necessário estar em jejum.

Quando fazer o teste de COVID-19:

  • Se você apresenta sintomas de COVID-19, como febre, tosse, dificuldade para respirar, fadiga, perda de paladar ou olfato;
  • Se você teve contato próximo com alguém que testou positivo para COVID-19;
  • Se você planeja viajar para um local que exige um teste de COVID-19 negativo.

Tempo de espera do resultado:

  • Após a coleta do material, o resultado sairá em aproximadamente 15 minutos.

Ademais, aqui no Endocrimeta  temos também o Combo Teste Covid + Influenza, usado para detectar de maneira simultânea a presença do vírus SARS-CoV-2, da Influenza A tipos H1N1 e H3N2 e Influenza B. Não é necessário estar em jejum.

Quando fazer o Combo teste de COVID e Influenza:

Como explicado anteriormente, os sintomas de Covid-19 e Influenza são muito semelhantes, dessa maneira, caso apresente alguns desses sinais, como: 

  • Febre, tosse, dificuldade para respirar, fadiga, perda de paladar ou olfato.

E/ou em conjunto:

  • Você teve contato próximo com alguém que testou positivo para COVID-19;
  • Planeja viajar para um local que exige um teste de COVID-19 negativo.

Tempo de espera do resultado:

  • Após a coleta do material, o resultado sairá em aproximadamente 15 minutos.

Proteja você e as pessoas ao seu redor. Não fique na dúvida. Faça seu exame laboratorial com a gente!


Compre o teste AQUI e vá até a unidade mais próxima do Laboratório Widal Pacheco para a coleta.

Referências:

Coronavírus. Ministério da Saúde, 2024. Disponível em:  https://www.gov.br/saude/pt-br/assuntos/coronavirus. Acesso em abr. 2024

FLURONA: A coinfecção pelo coronavírus e o vírus influenza. Disponível em: https://www2.unifap.br/radio/flurona-a-coinfeccao-pelo-coronavirus-e-o-virus-influenza. Acesso em abr. 2024

Entenda a diferença dos sintomas da gripe e da Covid-19 e a importância de continuar se vacinando anualmente. Disponível em: https://butantan.gov.br/noticias/entenda-a-diferenca-dos-sintomas-da-gripe-e-da-covid-19-e-a-importancia-de-continuar-se-vacinando-anualmente. Acesso em abr. 2024

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

WhatsApp
Telegram
LinkedIn
Facebook
Twitter